+

Liga de Emergências Clínicas

Regimento da Liga de Emergências Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Da Estrutura da Liga de Emergências Clínicas
Art. 1º – A Liga de Emergências Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo é assim denominada.
Art. 2º – A sede da Liga é a secretaria da Disciplina de Emergências Clínicas no 5º andar do Instituto Central do complexo HC-FMUSP.
Art. 3º – O objetivo da Liga de Emergências Clínicas (LEC) é treinar seus alunos na anamnese e exame físico no contexto do pronto socorro, nos procedimentos realizados na emergência e nos diagnósticos e condutas das afecções mais graves e das mais freqüentes no serviço de emergência.

Da Admissão de Membros à Liga de Emergências Clínicas
Art. 4º – A admissão de membros à LEC será realizada por meio de uma prova teórica aplicada após a realização do Curso Introdutório à Liga.
§ 1º – O conteúdo da prova será sobre o tema Emergências Clínicas não sendo, obrigatoriamente, sobre as aulas do Curso Introdutório.
§ 2º – A prova poderá ser realizada por alunos do 2º, 3º e 4º ano de graduação de Medicina da Faculdade de Medicina da USP.
§ 3º – A participação na LEC é aberta somente para os alunos da graduação de Medicina da Faculdade de Medicina da USP.

Da Exclusão de Membros à Liga de Emergências Clínicas
Art. 5º – A exclusão de membros da LEC será realizada se o acadêmico obtiver freqüência menor que 50% no total de atividades marcadas pela Diretoria da Liga em um semestre.
§ 1º – As faltas devidamente justificadas serão abonadas.

Dos Direitos dos Membros da Liga de Emergências Clínicas
Art. 6º – Os membros da LEC têm o direito de participar de todas as atividades organizadas pela Diretoria da Liga, respeitando as escalas determinadas.
§ 1º – À Diretoria da Liga se reserva o direito de excluir membro que se enquadrem no Artigo 5º.

Dos Deveres dos Membros da Liga de Emergências Clínicas
Art. 7º – Os membros da LEC têm o dever de comparecer a todas as atividades com as quais se comprometer a comparecer, seja aceitando a escala de plantões ou confirmando sua presença nas atividades práticas.
§ 1º – As faltas justificadas serão aceitas desde que julgadas plausíveis pela Diretoria.

Da Constituição e Funcionamento da Liga de Emergências Clínicas
Art. 8º – A LEC será constituída por acadêmicos devidamente matriculados no Curso de Graduação em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Art. 9º – A LEC funcionará no Pronto Socorro no 4º andar do Instituto Central do Hospital das Clínicas
§ 1º – As aulas teóricas ministradas pela Liga ocorrerão em um anfiteatro da Faculdade de Medicina da USP.
§ 2º – As aulas práticas ministradas pela Liga ocorrerão no Laboratório de Habilidades da Faculdade de Medicina da USP

Das Alterações Regimentais
Art. 10 – Alterações desse regimento somente poderão ser feitas por decisão unânime dos Diretores da LEC e comunicada ao Departamento Científico da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
§ 1º – As mudanças devem respeitar o Estatuto Geral das Ligas Acadêmicas.

Da Dissolução da Liga de Emergências Clínicas
Art. 11 – A dissolução da Liga ocorrerá caso não existam acadêmicos devidamente matriculados no Curso de Graduação em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo interessados em participar da Diretoria da Liga e das Atividades proporcionadas por ela.

Da Gestão Administrativa da Liga de Emergências Clínicas
Art. 12 – A gestão administrativa será feita pela Diretoria da LEC.
§ 1º – A Diretoria da Liga será composta de pelo menos 2 (dois) Diretores, que devem ser acadêmicos do Curso de Graduação em Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, sendo:
I – Um Presidente;
II – Um Tesoureiro.
§ 2º – Outros membros da Diretoria serão nomeados como: Diretores.
Art. 13 – A aprovação das contas deve ser feita por unanimidade pelos Diretores.
§ 1º – A realização de pagamentos e recebimentos deverá ser feita pelo Presidente ou pelo Tesoureiro da Liga.


Prof. Dr. Augusto Scalabrini Neto
Coordenador Geral da Liga de Emergências Clínicas da FMUSP